O Douro DOC Quinta do Estanho Branco 2015 foi mencionado no fugasvinhos do Jornal Público.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fazer vinho branco nas encostas tórridas do vale do Pinhão não é tarefa fácil.
E este branco exibe essa dificuldade. Bom volume de boca, aroma de média intensidade no qual se vislumbram notas de pêra, é um branco de um outro tempo.
O que revela em potência (ganha na companhia de um queijo, por exemplo), carece em elegância e frescura. A força excessiva do álcool é afinal a sua grande fraqueza.

Por Manuel Carvalho in fugasvinhos, Jornal Público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *