quinta_do_estanho-vinho_default

Grande Reserva Vinhas Velhas 2016 – Homenagem Jaime Acácio Queiroz Cardoso

002

Garrafas numeradas, limitadas a 332 conjuntos de 2 garrafas.

ACÇÃO SOLIDÁRIA: Ao adquirir um conjunto de 2 garrafas do Vinho Grande Reserva Vinhas Velhas 2016 – Homenagem a Jaime Acácio Queiroz Cardoso, estará a contribuir com 5€ para o IPO Porto e 5€ para o Instituto de Investigação e Inovação em saúde da Universidade do Porto.

Uma edição especial de vinhos da Quinta do Estanho tem um carácter muito particular. Filhos e netos de Jaime Acácio Queiroz Cardoso pretendem, desta maneira, prestar homenagem a quem, de certo modo, fundou a Quinta do Estanho, na sua nova vida. Já era conhecida no século XVIII, em tempos das demarcações pombalinas, como produzindo vinho de Feitoria.

Já esteve também, no século XIX, em mãos da família. Quando Jaime Cardoso regressou do Brasil, nos anos 1980, depois de uma longa estadia naquele país, já tinha tomado a decisão de adquirir novamente a quinta e de dirigir um projecto de renovação e desenvolvimento dos vinhos do Douro e do Porto. Assim fez. Gradualmente, com firmeza, foi construindo e consolidando. A quinta começou a produzir vinhos para os grandes comerciantes estabelecidos e conceituados. Cresceu depois como “Produtor engarrafador”, logo que as leis autorizaram esse estatuto. Transformou-se finalmente em “Comerciante”. É esse percurso de tenacidade e de permanente ligação essencial ao Douro que os seus descendentes pretendem homenagear com esta edição de vinhos especiais e com a vontade de assim contribuir para obras ou instituições de solidariedade e de humanidade. Optimista, determinado, fez todos os seus esforços na Quinta, ele que tinha a certeza de que não há grande quinta sem uma família unida. Como Pai, marido e avô, dedicou-se aos seus filhos e netos, ele que sabia que era esse o porto mais seguro. E nunca deixou de pensar no Douro, donde partiu e aonde voltou, com a sua convicção de que pertencer a uma terra, ter um sítio e voltar sempre a um local, mesmo com aventuras e viagens de permeio, são traços de identidade e de carácter. Sua mulher, Leonor; seus filhos Carlos, Sandra, Ana Lúcia, Fernando e Sara; e seus netos Afonso e Maria Inês, querem assim recordar a memória daquele que esteve no princípio de tudo, desta família e desta quinta.

António Barreto

DESIGNAÇÃO DE ORIGEM
DO Douro
CASTAS
Vinhas velhas com cerca de três dezenas de variedades identificadas
ENÓLOGO
Luís Leocádio

VINHA

Parcelas de vinha plantadas entre 1932 e 1970, com uma densidade de 8.850 plantas por hectare. Situada nas íngremes encostas do Rio Pinhão a uma altitude de 300 m, com um solo de origem xistosa, pobre e acidentado; de pouca produção, de alta concentração e qualidade de uvas.

VINDIMA 2016

Campanha muito desafiante, com as castas e parcelas a revelarem-se cada uma a seu ritmo, o que exigiu um acompanhamento muito de perto. O ano vitícola começou de uma forma positiva com um Inverno chuvoso. Na Primavera, as temperaturas superiores ao habitual avançaram o ciclo vegetativo em cerca de 10 dias. Contudo, alguns desafios apareceram quando o tempo chuvoso se prolongou por Abril e Maio, com níveis de precipitação três vezes acima dos últimos anos. Junho e Julho marcaram o regresso do tempo mais típico para a época, mas o mês de Agosto teve grandes vagas de calor que abrandaram o ciclo de maturação, colocando a vinha sob grande esforço. A muito desejada chuva de Agosto caiu no final do mês de forma tímida (7 mm), mas fez a diferença precisamente nas vinhas em que fazia mais falta. O tempo ao longo da vindima esteve excecionalmente bom, o que possibilitou o desenrolar perfeito das maturações, iniciando a vindima a 23 de Setembro, originando vinhos muito frescos e elegantes com grande concentração.

VINIFICAÇÃO

Uvas frescas no seu ponto ideal de maturação, apanhadas à mão para caixas de 20 kg, naquelas que são consideradas as melhores zonas de cada parcela. Após criteriosa escolha manual, desengace e suave esmagamento a pé em pequenos lagares, as uvas sofreram 5 dias de maceração a frio. A fermentação, pelas leveduras indígenas iniciou-se lentamente e decorreu ao longo de 10 dias com “delestage” diária, terminando em barricas novas de carvalho francês, onde o vinho estagiou durante 16 meses. Da seleção das melhores barricas foi feito um lote muito limitado a 666 garrafas.

Características

Notas de prova

Cor encarnada escura, densa e concentrada. Grande complexidade aromática, com notas de trufas, cedro, iodo, fruta preta, cacau e café, envolvidos num prolongamento mineral. Na boca apresenta-se denso, com taninos firmes e uma mineralidade balsâmica que lhe confere frescura e longevidade.

Serviço e harmonização

Desfrutar com pratos de sabor intenso como caça, carnes vermelhas e queijos de sabor intensos. Servir a 16º - 18ºC.

1476130750_uvas

Para mais informações ou qualquer dúvida relativamente aos vinhos, por favor contacte-nos.

Para mais informações ou qualquer dúvida relativamente aos vinhos, por favor contacte-nos.

Deve ter pelo menos 18 anos para visitar este website.

Para aceder a este site tem de ter a idade legal para consumir bebidas alcoólicas.